UM EXAME CRÍTICO DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS PARA FORMAÇÃO DOCENTE NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

Cleide Maria Quevedo Quixadá Viana, Wanderson Pereira Araújo

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar as políticas educacionais de formação de professores para a Educação Profissional e Tecnológica (EPT). O trabalho é um recorte da pesquisa realizada no campo da formação docente do professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT), no âmbito da Educação Profissional e Tecnológica (EPT), no curso de Mestrado do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade de Brasília – UnB. Traz o desafio de articular, fundamentalmente, duas problemáticas igualmente complexas, do ponto de vista teórico-político, quais sejam, o ensino profissional e tecnológico e a formação docente. Nesse contexto, é possível verificar determinadas tendências que impulsionam o esvaziamento quanto aos princípios de uma formação consistente e crítica, percebidas através da análise da política de formação de professores em sua trajetória histórica. Constata-se, que a lógica do ajuste estrutural do capital, nas últimas décadas, tem influenciado as bases de formação do sujeito, contribuindo para uma formação de identidade voltada para a racionalidade técnica. Utiliza-se a pesquisa documental e bibliográfica para clarificação do contexto e do objeto investigado, de natureza qualitativa, tendo como método o materialismo histórico-dialético. Os diferentes autores revisados em seu conjunto permitiram cumprir o intento de atribuir às análises um caráter historicizado e crítico, mantendo salutar distância de posições apologéticas ou mesmo conciliadoras frente às políticas ou à retórica vigente acerca de paradigmas mistificadores do real.

Palavras-chave


Políticas educacionais de formação docente. Professores do EBTT. Educação Profissional Tecnológica.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho. São Paulo: Boitempo, 1999.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para a

Formação de Professores da Educação Básica. Parecer CNE/CP n. 01/2002. Diário

Oficial da União de 09/04/2002, Seção 1, p. 31. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2013.

______. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível Superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Parecer CNE/CP n. 9, de 08/05/2001. Brasília, DF: DOU, 18.01.2002.

______. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília: Presidência da República, Casa Civil, 1996. Disponível em: . Acesso em: 06 nov. 2012.

______. Lei n.11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, e dá outras providências. Diário Oficial da União de 30/12/2008. Brasília, 2008.

______. Lei n. 11.784, de 22 de setembro de 2008. Dispõe sobre a reestruturação da Carreira de Magistério. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 2013.

______. Lei n. 12.772, de 28 de dezembro de 2012. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 2013.

______. Resolução n. 2 de 26 de junho de 1997. Dispõe sobre os programas especiais de formação pedagógica de docentes para as disciplinas do currículo do ensino fundamental, do ensino médio e da educação profissional em nível médio. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 2013.

CIAVATTA, Maria. Formação de professores para a educação profissional e tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. Educação Superior em Debate, v.8, set. 2008. Brasília: Inep.

COSTA, Maria Adélia da. Políticas de formação de professores para a educação profissional e tecnológica: cenários contemporâneos. 2012. 231f. Tese (doutorado) – Universidade Federal de Uberlândia, Programa de Pós-Graduação em Educação.

DELORS, Jacques (Org.). Educação: um tesouro a descobrir (Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre educação para o século XXI). Brasília, DF: MEC/UNESCO, 2001.

JIMENEZ Susana Vasconcelos; MAIA FILHO, Osterne Nonato. A chave do saber: um exame crítico do novo paradigma educacional concebido pela ONU. In: SANTOS, Deribaldo;

JIMENEZ, Susana; QUIXADÁ VIANA, Cleide Maria Quevedo; RABELO, Jackline (Orgs.). Educação pública, formação profissional e crise do capitalismo contemporâneo. Fortaleza: EdUECE, 2013. p. 113-134.

KUENZER, Acácia Zeneida. Formação de professores para a educação profissional e tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. Educação Superior em Debate, v. 8, set. 2008. Brasília: Inep.

MACHADO, Lucília Regina de Souza. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica/Ministério da Educação, Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, Brasília, v. 1, n. 1, p. 8-22, jun. 2008.

MANFREDI, Silvia Maria. Educação profissional no Brasil. São Paulo: Cortez, 2002.

MÉSZÁROS, István. Para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2011.

______. O século XXI: socialismo ou barbárie? Trad. Paulo Cezar Castanheira. São Paulo: Boitempo, 2012.

MORAES, M. C. M. de; TORRIGLIA, P. L. Sentidos de ser docente e da construção de seu conhecimento. In: MORAES, M. C. M. de (Org.). Iluminismo às avessas: produção do conhecimento e políticas de formação docente. Rio de Janeiro: DP&A, 2003. p. 45- 60.

OLIVEIRA, Maria Auxiliadora Monteiro. Políticas públicas para o ensino profissional: o processo de desmantelamento dos Cefets. Campinas, SP: Papirus, 2006.

OLIVEIRA, Ramon de. A regulação da educação profissional brasileira em tempos de crise do capital. In: DALBEN, Ângela Imaculada Loureiro de Freitas et al. Convergências e tensões no campo de formação e trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. (Coleção de didática e prática de ensino).

TONET, Ivo. Educação e concepção de sociedade. Marília, 1998. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2013.




DOI: https://doi.org/10.29031/pedf.v13i9.349

Direitos autorais 2018 Pedagogia em Foco

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Pedagog. Foco, Iturama (MG) - ISSN 2178-3039