A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE CUSTOS COMO DIFERENCIAL PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Jonathan A. Degrandi da Silva, Heloisa Corrêa dos Santos, Ademir da Silva

Resumo


Este artigo busca demonstrar a importância das micro e pequenas empresas (MPE’s) no cenário econômico brasileiro e como esse aumento gera um número cada vez maior de pequenos negócios, gerando por sua vez uma competitividade que exige que MPE’s superem seus problemas de estrutura e aproveitem ao máximo todas as informações e dados gerados para que possam se diferenciar e vislumbrar a evolução no mercado. O estudo, realizado por meio de fontes bibliográficas, visou a gestão de custos como fonte de dados eficientes na tomada de decisões e na formação do preço de venda, levando em consideração os métodos que podem ser utilizados para se obter esses dados. Foram apresentados os motivos para se implementar uma gestão de custos apesar das dificuldades a serem superadas para que isso ocorra, deixando claro as desvantagens e as vantagens dessa ferramenta, e salientando que no mercado atual é de grande valia ter conhecimento de dados tão significativos e poderosos quando usados por quem tem capacidade para utilizá-los de maneira adequada e traçar uma estratégia a partir disto. Deste modo, evidencia-se que a decisão de se investir em uma gestão adequada dos custos e em um planejamento bem feito e embasado, pode ser a chave para o sucesso das MPE’s.

Palavras-chave


Micro e pequenas empresas. Gestão de custo. Preço de venda.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei nº 123/2006. Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2016.

CARVALHO, Mary; LAURINDO, Fernando. Estratégia para a competitividade. São Paulo: Futura, 2003.

CERVO, Amado L.; BERVIAN, Pedro A.; SILVA, Roberto da. Metodologia da Pesquisa. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

CREPALDI, Silvio Aparecido. Curso Básico de Contabilidade de Custos. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

DEPARTAMENTO DE REGISTRO EMPRESARIAL E INTEGRAÇÃO DA SMPE. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2016.

DUBOIS, Alexy; KULPA, Luciana; SOUZA, Luiz Eurico de. Gestão de custos e formação de preços: conceitos, modelos e instrumentos: abordagem do capital de giro e da margem de competitividade. São Paulo: Atlas, 2006.

FERREIRA, Ricardo J. Contabilidade de Custos - Teoria e Questões Comentadas. Rio de Janeiro: Ferreira, 2007.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MENEZES, Rosimar Martins de; NEDER, Carlos. As diferenças entre os métodos de custeio: custeio direto e custeio por absorção. 2009. Disponível em . Acesso em: 15 out. 2016.

NAKAGAWA, Masayuki. ABC - Custeio Baseado em Atividades. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho R. Estratégia Empresarial e vantagem competitiva: como estabelecer, implementar e avaliar. São Paulo. Atlas, 2004.

PADOVEZE, Clóvis Luís. Introdução à administração financeira. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

SÁ, Antonio Lopes de. Contabilidade de Custos Básica. Curitiba: Juruá, 2009.

SANTOS, Diego Leal Silva. Custeio baseado em atividades: uma visão gerencial e financeira. 2010. Disponível em: . Acesso em: 14/10/16.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS – SEBRAE. Administração de Custos e Formação do Preço de Venda. 2003.

______. Participação das Micro e Pequenas Empresas na Economia Brasileira, 2014. Disponível em: . Acesso em: 05 out. 2016.

SILVA, Ademir da. Contabilidade Gerencial e Controladoria. Notas de Orientação. Data inicial da orientação: 23/05/2016, data final da orientação: 17/10/2016.

SILVEIRA, L. M. Gestão de custos nas pequenas empresas. 2010. 19f. Trabalho de Conclusão de Curso (MBA em Controladoria e Auditoria) - Centro Universitário UNA, Belo Horizonte.

VIEITA, Ana Paula Lobo. O custeio por absorção e o custeio variável: vantagens e desvantagens sobre o método a ser adotado pela empresa. 2007. Disponível em: . Acesso em: 09 out. 2016.

WERNKE, Rodney. Análise de Custos e preços de venda: ênfase em aplicações e casos nacionais. São Paulo: Saraiva, 2005.




Direitos autorais 2016 Organizações e Sociedade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Rev. Eletrônica Organ. Soc., Iturama (MG) - ISSN 2237-4779