ESTUDO DA DESTINAÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS EM SÃO FRANCISCO DE SALES/MG

Camilla Ferreira Gusi, Evandro Roberto Tagliaferro, João Divino dos Santos Silva, Mariele de Jesus Freitas

Resumo


A destinação adequada dos resíduos sólidos é um assunto de grande importância e abrangência no mundo, pois está ligado diretamente à qualidade de vida da população e ao crescimento econômico das cidades. Este trabalho teve como propósito um estudo de caso da destinação dos resíduos sólidos no município de São Francisco de Sales/MG, analisando as formas de tratamento e disposição final dos resíduos e verificando os impactos causados pelos descartes incorretos. Para um bom desenvolvimento, os procedimentos metodológicos utilizados para o estudo de caso consistiram em pesquisa documental e análise in loco. Foram coletadas algumas informações ao decorrer das visitas, por meio de anotações e fotos, e, a partir daí, pode-se entender melhor a situação que se encontra a gestão dos resíduos sólidos do município. Por meio dos dados analisados e obtidos, foram elaboradas algumas propostas para o gerenciamento dos resíduos sólidos do município, com sugestões que visem à preservação do meio ambiente.

Palavras-chave


Resíduos sólidos. Gestão de resíduos sólidos. Aterro sanitário.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil. ABRELPE, 2016. 60 p.

ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS. Roteiro para encerramento de lixões. ISWA, 2016. 33 p.

ALBUQUERQUE, J. B. T. Resíduos Sólidos: Teoria – Jurisprudência – Legislação – Prática. Leme: Independente, 2012.

BARROS, R. M. Tratado sobre residuos: gestão, uso e sustentabilidade. Rio de Janeiro: Interciência, 2012.

BARROS, R. T. V. Elementos de gestão de resíduos sólidos. Belo Horizonte: Tessitura, 2012.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 05 de outubro de 1988. Disponível em: . Acesso em: 16 jul. 2018.

______. Lei nº 12.305 de 02 de agosto de 2010. Instituí a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Disponível em: . Acesso em: 11 jul. 2018.

______. Lei nº 11.107 de 06 de abril de 2005. Dispõe sobre normas gerais de contratação de consórcios públicos e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2018.

______. Lei nº 9.795 de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2018.

______. Ministério do Meio Ambiente, Conselho Nacional de Meio Ambiente. Resolução CONAMA nº237/97, de 19 de dezembro de 1997. Dispõe sobre licenciamento ambiental; competência da União, Estados e Municípios; listagem de atividades sujeitas ao licenciamento; Estudos Ambientais, Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental. Dsiponivel em: Acesso em: 11 jul. 2018.

______. Ministério do Meio Ambiente, Conselho Nacional de Meio Ambiente. Resolução CONAMA nº 404/08, de 11 de novembro de 2008. Estabelece critérios e diretrizes para o licenciamento ambiental de aterro sanitário de pequeno porte de resíduos sólidos urbanos. Dsiponivel em: . Acesso em: 11 jul. 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo 2010. IBGE, 2010. Disponível em: . Acesso em: 11 jul. 2018.

MACHADO, G. B. PRS Portal Resíduos Sólidos. 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 jun. 2018.




DOI: https://doi.org/10.29031/ros.v7i8.417

Direitos autorais 2018 Revista Eletrônica Organizações e Sociedade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

Rev. Eletrônica Organ. Soc., Iturama (MG) - ISSN 2237-4779