ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA: OS DISCURSOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA

Carlos Alberto LOPES FILHO, Maria Sílvia Rosa SANTANA

Resumo


Este artigo é composto de um trabalho de revisão bibliográfica, que analisa a Educação Física, de forma a tentar elucidar como o discurso do prático está ligado à formação docente nesta área. Busca-se revelar, brevemente, o trajeto histórico da Educação Física, evidenciando os modelos de formação desde o início do século XX, pautados na concepção do saber fazer. O Conselho Federal de Educação Física, por meio de resoluções, reafirma essa concepção do saber fazer, quando provisiona não-graduados na área para atuarem profissionalmente e tal ação reforça e multiplica o discurso do prático neste campo. Contudo, a Educação Física, enquanto disciplina, trilha um percurso no sentido oposto desta ação do Conselho Federal, na medida em que tenta tornar cada vez mais científica a formação de professores, mesmo que a concepção do saber fazer ainda esteja arraigada historicamente nesta área. Assim, o modelo atual de formação mesmo que ainda traga consigo discursos desprovidos de cientificidade, encontra na articulação entre prática e teoria um caminho para promover um discurso que não seja o discurso do prático ou do espontâneo.

Palavras-chave


Educação Física. Discurso do Prático. Saber Fazer.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, L. R. A constituição histórica da educação física no Brasil e os processos da formação profissional. IX Congresso Nacional de Educação-EDUCERE e III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia, Curitiba, PUCPR, 15p., 26 a 29 de outubro de 2009.

AZEVEDO, A. C. B.; MALINA, A. Memória do currículo de formação profissional em educação física no Brasil. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 25, n. 2, p. 129-142, jan. 2004.

BENITES, L. C.; SOUZA NETO, S.; HUNGER, D. O processo de constituição histórica das diretrizes curriculares na formação de professores de Educação Física. Educação e Pesquisa, São Paulo, São Paulo, v. 34, n. 2, p. 343-360, 2008.

BRASIL. Lei n. 9696, de 1° de setembro de 1998. Dispõe sobre a regulamentação da Profissão de Educação Física e cria os respectivos Conselho Federal e Conselhos Regionais de Educação Física. Congresso Nacional, 1998.

______. Resolução n. 69, de 2 de dezembro de 1969. Fixa os mínimos de conteúdo e duração a serem observados na organização dos cursos de educação física. Conselho Federal de Educação, 1969.

______. Decreto-Lei n. 1.212, de 2 de maio de 1939. Cria, na Universidade do Brasil, a Escola Nacional de Educação Física e Desportos. Conselho Federal de Educação, 1939.

______. Decreto n. 23.252, de 19 de outubro de 1933. Aprova o Regulamento da Escola de Educação Física do Exército. Conselho Federal de Educação, 1933.

CHARLOT, B. A pesquisa educacional entre conhecimentos, políticas e práticas: especificidades e desafios de uma área de saber. Revista Brasileira de Educação, v. 11, n. 31, p. 7-18, jan./abr. 2006.

DARIDO, S. C. Teoria, prática e reflexão na formação profissional em Educação Física. Motriz, v. 1, n. 2, p. 124-128, dez. 1995.

FOUCAULT, M. As regularidades discursivas. In: ______. Arqueologia do saber. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1987, p. 21-85.

______. Arqueologia e a história das ideias. In: ______. Arqueologia do saber. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1987, p. 153-222.

GAMBOA, Silvio Sánchez. Teoria da Prática: uma relação dinâmica e contraditória. Anais do V Colóquio de Epistemologia da Educação Física, Maceió-AL, 17p., 22 e 23 de outubro de 2010.

GRAMSCI, A. Concepção dialética da história. 8. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1989.

GONDRA, J. C. Combater a “Poética Pallidez”: a questão da higienização dos corpos. Perspectiva, Florianópolis, v. 22, n. especial, p. 121-161, jul./dez. 2004.

MORO, V. L. A organização curricular dos cursos de graduação em educação física no Paraná, após a resolução n.° 03/87 do Conselho Federal de Educação. 1998. 202f. Dissertação (Mestrado) – Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

QUELHAS, A. A.; NOZAKI, H. T. Políticas neoliberais e as modificações na formação do professor de Educação Física: em defesa da politecnia. Seminário da REDESTRADO: regulação educacional e trabalho docente, v. 6, 2006 (não paginado).




Direitos autorais 2015 Pedagogia em Foco



Licença Creative Commons

Pedagog. Foco, Iturama (MG) - ISSN 2178-3039